christian camilo - camiloart

Tornados de luz são raros. E não são uma catastrofe.
Só se pudermos chamar de “uma bela catastrofe”.

tornado de luz-37

A Arte de fotografar tornados de luz – foto por Christian Camilo e Paulo Tartari

Neste novo episódio me juntei ao fotógrafo Paulo Tartari para juntos criarmos os tornados de luz inventados pelo fotógrafo americano Martin Kimbell.
Fotografia de longa exposição não é uma novidade. Contudo, o efeito da passagem do tempo sempre dá margem para diferentes interpretações. Muitas vezes não conseguimos entender a lógica do tempo e do espaço em uma fotografia realizada com um simples tripé e um tempo de exposição de 4 segundos.

A Arte de fotografar tornados de luz – foto por Christian Camilo e Paulo Tartari

Uma boa fotografia tem essa natureza de desafiar a lógica do nosso olhar. Ela desafia a necessidade que temos de respostas.
Tornados de luz são enigmáticos com certeza. E eles mostram principalmente o que é uma fotografia ícone. Uma imagem raramente vista e carregada de possíveis histórias, interpretações e simbolos.

Não usamos nada mais que um freesbie com luzinhas. Mas não teríamos estas linda imagens sem os quatro segundos de exposição da câmera.

Este episódio dedico a meus alunos apaixonados por fotografia Paulo, José, Daniel, Gustavo & Ligia. Sem a curiosidade deles dificilmente teriamos desvendado como fazer este tornados tão poéticos.

A Arte de fotografar tornados de luz – foto por Christian Camilo e Paulo Tartari

tornado de luz-5

A arte de fotografar tornados de luz – fotografia por Christian Camilo e Paulo Tartari

 

 

Comments (2)

Marina

Demais! Muito bonito! Parabéns aos dois!

2 years ago
    christian

    Valeu Marina!

    2 years ago

Leave a Reply

FacebookTwitterGoogle
@