christian camilo - camiloart

Uma das possibilidades para capturar pessoas e objetos flutuando no ar é utilizar um curto tempo de exposição. Isso significa que o sensor da camera ficará exposto a cena por uma breve fração de um segundo. Neste capitulo mostro o processo e o resultado que temos ao fotografar durante o dia uma pessoa pulando e sendo fotografada no ar com pelo menos 1/500 de tempo de exposição.

Outra função interessante que as DSLRs oferecem é o disparo continuo. Quando utilizamos este recurso, a camera dispara fotografias na sequencia enquanto estivermos mantendo pressionado o botão do disparador da câmera. Neste video utilizamos uma Sony Nex7, uma câmera de tecnologia Mirrorless capaz de fazer até 10 fotografias por segundo (capacidade equivalente a de cameras TOP de linha de Nikon e Canon para fotografia esportiva).

O bacana deste episódio é que pude ilustrar com meus amigos Daniel Machado e Paulo Tartari a importância do envolvimento do modelo em uma simples idéia para a produção de fotografias que saltam aos olhos pela cena curiosa ou pela mensagem enigmatica.

Abaixo as fotografias que fizemos com 1/640 | f3.5 | iso 100 (crédito das fotos para Daniel Macho e Paulo Tartari – Modelo: Christian Camilo)

eu voando-2 video salto-2 video salto_-14 video salto sequencia 2-19 video salto_-9 video salto_-19 video salto_ eu voando-3 eu voando

Comment (1)

[…] que fiz com a bicicleta de leds, utilizei a técnica de longa exposição (6 segundos). E no penultimo episódio que convidei dois fotógrafos para me fotografar tentando voar, usamos um curto tempo de exposição (em torno de […]

3 years ago

Leave a Reply

FacebookTwitterGoogle
@