christian camilo - camiloart

Quando falamos de exposição, nos referimos ao termo triângulo de composição. E o que é isso?
Bom, é a relação entre três elementos importantes da câmera: abertura, obturador (tempo de exposição) e sensibilidade iso.

Para entender como isso funciona precisamo explicar como a luz entra em nossa câmera. A lente tem um orifício, que conhecemos como abertura. Este orifício determina a quantidade de luz que viajará para o interior de nossa câmera, atravessando o obturador e atingindo o sensor. O sensor faz o papel do filme, ele pega a luz e produz a imagem. Uma lente determina a quantidade de luz. Se ela estiver totalmente aberta, ela irá permitir a entrada de muita luz. Totalmente reduzida, ela reduz a quantidade que atinge o sensor. A lente sempre permitirá a entrada de alguma luz. O obturador determina a duração de tempo que a luz vinda pela lente irá atingir o sensor. Este duração pode ser de alguns segundos ou de uma simples fração de um segundo.

Abertura e obturador trabalham juntos para trazer uma luz equilibrada para o sensor. Cada contexto é relativo, mas podemos tomar como exemplo um retrato padrão: Supondo que a lente esteja em sua abertura máxima, permitindo a entrada de muita luz, devemos balancear essa situação com um curto tempo de exposição do obturador da câmera, ou então com uma menor sensibilidade do sensor. Numa situação oposta, onde a lente não permite a entrada de muita luz, podemos definir um longo tempo de exposição do obturador para compensar a pequena quantidade de luz ou então aumentar a sensibilidade do sensor. Alguns modos semi-automaticos ajudam a balancear a escolha pessoal do fotografo.

O modo de controle de abertura por exemplo, “A” em câmeras Nikon, e “Av” em câmeras Canon, permite que o fotógrafo escolha a abertura da lente. Neste contexto a câmera irá balancear a entrada de luz com o tempo de duração do obturador. No modo de controle de obturador ocorre o inverso. O fotografo escolhe o tempo de duração do obturador e a câmera equilibra a luz definindo a abertura.

É importante que o fotógrafo tenha em conta a sensibilidade ISO que está usando e definindo em cada contexto. A escolha inadequada da sensibilidade pode prejudicar muito o resultado das fotografias produzidas nos modos semi-automáticos. Recomendo que assistam os videos que criei sobre a utilização correta do ISO e o uso criativo da abertura.

Comment (1)

[…] Contudo, o termo exposição pode também fazer referencia a tonalidade de uma imagem resultado da relação dos controles de iso, tempo de exposição e abertura  da lente na camera definido pelo fotografo. De outra maneira, podemos simplificar este entendimento citando o triangulo de exposição. […]

3 years ago

Leave a Reply

FacebookTwitterGoogle
@